JCT Music

: : :

sexta-feira, abril 20, 2018

Almoço na praia

Amanhã vai estar um dia bom...

...para uma qualquer actividade radical.

Nesta altura do ano apetece algo do género GEOS. 

Entre SOAs, OSBs, OSRs, WCE's, APPs, WTBs e DBSs alguma coisa há-de estar disponível para alguma adrenalina nos circuitos. A trabalheira é levantar cedo e apanhar alguma chuva... mas faz parte. Custa-me estar a fazer convites e depois alguém que até nem queria participar, magoar-se. Daí eu nunca insistir quando há risco envolvido. 

[GMV] - Hey Mama

quinta-feira, abril 19, 2018

Um Estado de dor

Entusiasmado pela carta de ontem......hoje voltei, pela primeira vez, à casa de meu pai com intenção de apenas ver o correio. 

Depois afinal acabei por subir para separar a enorme quantidade de papeis (correio e publicidade) e fechar algumas janelas e torneiras que pudessem estar mal fechadas. 


No meio da amálgama de papéis estavam:
- uma carta, das Finanças, para pagamento do IMI, em nome da minha mãe... 
- uma carta, do Hospital, para pagamento do tratamento de dia 21 de Março, em nome do meu pai...

Além da enorme tristeza, fiquei com uma enorme revolta deste País que faz cobranças a pessoas que já morreram. 

Que Estado é este ? 

Um Estado de dor.

Não consegui chorar. Nem ainda. Nem assim. A minha maior tristeza nesta altura, é não conseguir chorar tudo o que ainda tenho para chorar.

quarta-feira, abril 18, 2018

Recebi uma carta

Como acontecia antigamente, hoje recebi uma carta. Era dos meus tios adoptivos a convidarem-me para ir conhecer as suas novas casas e instalações de apoio. Engraçado, já não devia receber cartas desde há uns 45 anos, pr'ai. Foi interessante ver aquelas letras miudinhas formarem frases e perceber-lhes o sentido. Pode ser que vá lá ter com eles na próxima semana, depois de passarem os compromissos de trabalho que tenho para os próximos 5 ou 6 dias. Acho que iria fazer-me bem. Entre isso e arrumar a garagem ou ir vasculhar os papéis importantes do meu pai que agora me são precisos, decidirei com as prioridades que existirem. Importante mesmo foi a forma com que estes laços foram criados com pessoas completamente desconhecidas, e agora receber notícias delas por um método do século passado, com caligrafia, num papel que irei guardar para sempre.

domingo, abril 15, 2018

Às vezes


Às vezes há que inspirar fundo, tomar coragem, ter a iniciativa e dar o passo para voar. 

Ter a certeza que o pior já passou e  que tudo só pode mesmo é melhorar.

No fim, há sempre alguém que nos irá abraçar.

A Cabana 2

Sentado no beiral da minha cabana observo o Rio Grande lá em baixo. Sabendo como é eterno o seu correr. Sabendo como é Eterno o meu correr. Liberto dos meus medos mais antigos, tenho comigo as diferentes crianças que fui em idades diferentes. Hoje estão comigo aqui na cerca e brincam entre si. Mais tarde vou abraçá-los a todos no meu peito, e deixar que uma ou outra lágrima de felicidade que escape pela face abaixo. Nestes dias despedi-me de duas grandes mulheres que preencheram a minha infância, com a sua dedicação e amor maternais e deixei-as finalmente ir. Falta resolver os outros dilemas de que este rio fará parte. Por que estou aqui? O que me atrai neste lugar, tão longe de onde nasci? Será que foi daqui que cheguei ao mar? Vou voltar lá para dentro, para mim. Continuar a minha peregrinação interior, perseguir os meus demónios e enfrentá-los. Sabendo que estão para breve novas descobertas sobre o que fui e como serei. 

The Lonely Road


Beatriz Coelho



O Estúdio


quinta-feira, abril 12, 2018

A Luz e o Bem

Hoje vivi profundamente o que Weiss divulgou acerca dos seres de luz.

Há pessoas com quem nos cruzamos, nestes trilhos da vida, que são elas próprias fontes de positivismo e de energia luminosa.

Nos tempos mais recentes conheci pelo menos três ou quatro pessoas assim, com as quais convivo esporadicamente. 


É espantosa a capacidade que elas têm de fazer o bem, e de o transmitirem às outras pessoas como se fossem autênticos Anjos. 

"20 minutos antes"

Hoje lembrei-me dos eventos de "20 minutos antes". 

Quantos erros eu não teria cometido se "20 minutos antes" tivesse pensado melhor, ou interrompido uma conversa, ou abandonado uma reunião, ou arrancando o lábio ao beijo, ou desistido de um desafio, ou não entrando naquela casa, ou chutando a bola com mais força, ou revelando o que vem até mim, ...apenas 20 minutos antes.

quarta-feira, abril 11, 2018

O que é que eu fiz hoje?

Depois do grande jantar de ontem com o cliente, hoje...:
- chateei-me com a DECO,
- usei finalmente a "Fera" como fera,
- conduzi aos "S"s. 
- fiz travagens bruscas e acelerei abusivamente,
- sem por ninguém em perigo abusei de estar com pressa,
- senti-me vivo e senti-me bem, 
- agora vou tirar os pontos com a cara ainda toda dorida... 
Fora isto, foi um dia normal.

PS: o Doutor não encontrou os pontos todos...isto só a mim é que acontece.