JCT Music

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Como sempre novo constantemenTe

Não me peçam mais pores do sol, estou farto... 
Do ocaso dos políticos. 
Do ocidente da ética. 
Do vespertino da moral. 
Do crepúsculo dos bancos. 
Do sol-posto dos banqueiros. 
Do entardecer dos sonhos. 
Do lusco-fusco do amor. 
Do anoitecer dos desejos. 
Do poente da vida. 
Do declínio das ideias. 
Da penumbra do destino. 
Não me peçam mais pores do sol.
Fala-me da Tua alvorada. 
Do amanhecer do Teu corpo. 
Do começo do Teu dia.
Da aurora do Teu querer. 
Da madrugada do Teu sentir. 
Da luz do dia das Tuas emoções. 
Do raiar do Teu brilho.
Do começo da Tua brisa.
Como sempre novo constantemenTe 
Em vez de pores do sol, que tal pores o Teu sorriso ? 

Sem comentários: